Acta Almoço/Debate de 26 de Setembro de 2017

Exmo. Sr. Antes de mais, o nosso agradecimento pela vossa presença no almoço/debate do passado dia 26 de Setembro, na Pousada de Guimarães, cujo objectivo principal foi dar-vos conta do andamento do projecto 26110, que vigorará até 30 de Outubro de 2018 e da consequente necessidade de reformulação do mesmo, por acções não executadas, por motivos alheios à Associação. Segue, em anexo, uma acta/súmula do encontro.

Acta

No decurso do almoço foi feito um ponto de situação relativamente a todo o projecto e pedidas sugestões para acções a incluir, por substituição da M&O Singapura e Américas, que foram suspensas pela Organização das mesmas. Informou-se que o projecto já tinha entrado na segunda metade da sua execução e que só agora tinha a Associação recebido a comunicação da sua aprovação superior. Pretendeu-se, com esta comunicação alertar todos os presentes para o facto de a HfP perceber a importância das acções que integram o Proj. 26110 e da necessidade da sua execução, mesmo correndo o risco de, por qualquer improvável circunstância, poder não ser aprovado, o que, como é obvio, traria gravíssimos problemas para todo o sector e para a HfP. Só uma grande confiança no trabalho que tem vindo, ao longo dos anos, a ser feito, e a convicção de que tudo iria correr bem, pôde levar a HfP a correr tão grandes riscos.

Foi, também, abordada a forma como decorreu a segunda edição da GHFW e sugerido que nos façam chegar os comentários individuais de cada empresa participante, no sentido de podermos, com a maior brevidade, lançar a edição de 2018. Para tanto, segue, em anexo, um inquérito elaborado pela Associação e para o qual pedimos a vossa melhor atenção e uma resposta conclusiva e construtiva bem como a devolução do mesmo, tão breve quanto possível.

Como acordado, esperamos que nos indiquem, da lista de compradores que se deslocaram ao evento, quais os que consideram não deverem voltar a ser convidados. Do mesmo modo, ficamos a aguardar indicação de mercados que considerem importantes para serem abordados no sentido de os termos presentes em Guimarães em 2018.

Outras sugestões serão, igualmente, bem recebidas e aguardadas. Para a próxima edição, prevê-se alargar o convite a 220 compradores. Os expositores serão os mesmos da edição anterior, acrescidos de duas empresas que constam já do vídeo de apresentação da 3ª edição do GHFW. O local de exposição manter-se-á o mesmo – Pousada de Santa Marinha da Costa que, na próxima edição será alugada, em exclusivo, para o efeito. Os dias de exposição serão 26 e 27 de Junho de 2018.

Haverá dois dias suplementares, como habitualmente, para poderem realizar-se visitas às empresas, previamente acordadas entre as empresas expositoras e os compradores. Este processo é da inteira responsabilidade das duas partes envolvidas – expositores e compradores. À Associação cabe apenas o suporte financeiro da estadia dos compradores, durante esses dois dias. A promoção da GHFW será feita, como habitualmente, em todas as acções em que a Associação esteja envolvida, nomeadamente nas participações em certames internacionais. Para além da GHFW, ficou ainda estabelecido que continuaremos a apostar na participação na Heimtextil, cuja próxima edição em Janeiro de 2018, contará com a presença de 30 empresas sob coordenação da HfP. Far-se-á, como habitualmente a promoção global do sector.

As duas edições da Market Week NY de 2018 contarão, como habitualmente com cerca de 30 empresas distribuídas por Março e Setembro. Esta exposição é realizada, maioritariamente no Hotel London, para além de outros, em suites individuais, aonde se deslocam os clientes habituais das empresas que aí se apresentam. Uma vez mais chamamos a atenção dos presentes para o facto de que é vontade da Associação, aliás corroborada por várias empresas, levar a cabo, sobretudo para as empresas que queiram iniciar a abordagem do mercado, uma exposição conjunta, num local apropriado (parece lógico que seja no Textiles District – 5th Av com 34, 33, 32, etc).

Para o efeito, contaríamos com o apoio de um elemento contratado para o efeito, para fazer contactos com potenciais compradores, cabendo às empresas participantes fazerem também o seu trabalho de divulgação e marcação de visitas para o local. Apesar de ser mais dispendiosa do que a exposição nos hotéis, esta iniciativa teria, com certeza, um maior impacto junto dos compradores. Haveria, ao mesmo tempo, numa revista da especialidade, uma publireportagem sobre as empresas participantes, quer a nível de Hotel London e outros, quer do espaço conjunto. Evteks – Istanbul – Pela primeira vez estivemos presentes com um stand informativo e com a participação de duas empresas, a nível individual. A nossa participação despertou um grande interesse nos visitantes que nos contactavam para saberem mais sobre a nossa indústria e a sua organização.Aproveitamos para promover, também, a GHFW e dessa promoção resultou a visita de vários compradores, quer Turcos quer de outros Países.

A qualidade dos produtos portugueses foi o factor que mais se evidenciou, aliás reconhecida mesmo pelo próprios fabricantes turcos. Tivemos oportunidade de ser recebidos pela Direcção da feira que nos confirmou a informação que ao longo da mesma tínhamos recolhido dos visitantes. É a maior feira do mundo, para os têxteis lar, a seguir à Heimtextil. Atrai expositores e visitantes de todo o mundo, já que a Turquia é uma os maiores fabricantes de têxteis lar do mundo.

Os países mais próximos daquela zona geográfica (Emiratos, Ásia, Austrália e outros), são frequentadores habituais da exposição. Foram recolhidas informações substanciais sobre a edição de Maio, que já remetemos às empresas para apreciação e, perante as circunstâncias (onde se inclui a situação política do País que arrasta deslocação de compras para outras fontes, sobretudo Portugal), consideramos que deveremos estar presentes com um grupo de empresas, na edição de 2018.

Das outras acções constantes do projecto destacamos: Missão comercial/exposição a três países da América Latina (ainda a serem definidos de acordo com os inputs que recebermos das empresas); Continuidade da presença na Home Premium Textiles de Madrid; Participação em algum certame num País da Europa (também de acordo com os interesses que as empresas manifestarem). Elaboração do Textiles Selection – edição no. 40 e celebração da data, em exposição retrospectiva da evolução do sector, durante a Heimtextil 2018.
Ordem de Publicação/Textiles Selection home | from Portugal;

Ficou, também, estabelecido que, após receberem esta súmula do almoço/debate, de responderem ao inquérito sobre a última edição do GHFW, nos remeteriam as sugestões consideradas necessárias quanto a: novos mercados a abordar/convidar para a GHFW; novos mercados onde se devem desenvolver acções de apresentação / desenvolvimento / consolidação da presença portuguesa dos têxteis lar; Outras sugestões consideradas pertinentes.

Inquérito

Associação Home from Portugal
João Mendes
Maria Alberta Canizes